Skip navigation

“Chego à conclusão de que o Imagem Clécio jamais foi uma mentira, mas era um ser incompleto, uma metade que se sustentava na jornada da vida. Uma louca e insana vida de dedicação ao outro, buscando responder à sua responsabilidade social, mas sem a devida dedicação para a erradicação dos próprios males. Espiritualmente, um médium obreiro, preletor exímio, contudo, sem se permitir gerar a intimidade com a própria alma.
Foi pela consciência dessa obrigatoriedade que pude esculpir a minha verdadeira ligação com o amor factual, com a atitude que fomenta esse sentimento.”

Trecho extraído do livro Psicopatologia e Vidas Passadas,  Clécio Carlos Gomes, Delphos / Aguiar Editora Ltda. (no Prelo)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: