Skip navigation

Foi através de Jacob que conheci Francisco de Assis. Seus princípios e valores identifiquei e internalizei. Transformei sua determinação em exemplo e inspiração. E faço dos versos de sua oração, minhas reflexões para o dia dos pais:

Pai, fazei-me instrumento de vossa paz”. Daí-me a mim a tutela das minúsculas almas que aportam em nosso Planeta. Deixa vir a mim as criancinhas e por ela declinar-me como cuidador e educador. É provável que nem tenha consciência da responsabilidade da tarefa, como são prováveis os erros que venha a cometer. Juro a ti meu orientador, que buscarei tua luz antes de cada desequilíbrio e sempre que sucumbir ao meu egoísmo e as minhas necessidades pessoais. Tenho apenas a certeza do amor que já nutro e da dedicação que aplicarei a cada uma dela.

Onde houver ódio, que eu leve o amor”. Tenho a certeza do reencontro de almas e da limpeza e da depuração que passaremos ao longo da trajetória. Que o eventual ódio e ressentimento sejam colhidos pela semeadura da imaturidade e assim possamos oportunizar um novo plantio. Pai, que eu não sucumba pelas minhas limitações e possa, através de teu exemplo, fazer uso da serenidade, da inteligência e, acima de tudo, do amor que meus filhos tanto necessitam para concretizarem o aperfeiçoamento de suas almas.

Onde houver ofensa, que eu leve o perdão”. Ao acaso lancei a cada um deles a dor e o sofrimento. Fazei desse reencontro a possibilidade da reparação e que a cada dia das nossas vidas, sejamos abençoados pela tua luz para que me mantenha firme em meu propósito de ser como Tu, apenas Pai. Que o exercício do perdão se inicie em mim para que não me deixe abater pela chaga da culpa, muito menos pelos meus instintos mais ignorantes adquiridos na senda de meu desenvolvimento.

Onde houver discórdia, que eu leve a união”. É certo que nossa falta de orquestração se fará presente em algum momento, afinal, aferir erros e redirecionar as trajetórias, necessitam do conflito para a depuração. Que eu tenha sempre claro em minha mente, que o propósito de meu pedido está atrelado à reunião de necessitados e a união de laços fortes, constituintes de uma família que luta pelo crescimento e a elevação. Que tu me ampares, sempre, e que a minha fé e meu amor permitam estar sempre unificado a Ti para então ter condições de repassar aos meus aquilo que me ensinas.

Onde houver a dúvida, que eu leve a fé”. Lembro-me do irmão Jesus isolado no deserto, depurando sua insegurança e afastando-se da insanidade. Os obstáculos serão grandes e o maior de todos a minha incompetência e falta de preparo em virtude das inclinações desconfiguradas. Cultivarei, e sei disso, meus próprios desertos e por instantes receio optar por mim e pela maledicência perniciosa de meus desejos fúteis. Que eu me recarregue em fé pela tua paternidade e assim volte para inundar meus filhos com a esperança.

Onde houver erro, que eu leve a verdade”. Se mesmo assim não conseguir, e assumo minhas limitações perante ti, que eu reencontre a verdade para dela também poder fazer uso e com isso ser um exemplo de educador para meus filhos que iniciarão sua caminhada. Que a frustração não se faça presente e a tolerância uma das maiores dádivas cultivada ao lado do leito dos anjos que adormecem, pois só assim, com teu amparo, terei forças para ser uma alma melhor e digno de tua confiança.

Onde houver desespero, que eu leve a esperança”. Oh pai! Quantas são as bem-aventuranças de teu exercício, agora delegado a teu filho, tua imagem e semelhança. A responsabilidade é maior que meu desejo e por isso começo a desesperar-me pela missão. Acredito ser isso meu prenúncio de consciência em relação ao desafio que terei pela frente. Espero pela esperança, acalentar meus irmãos e poder te receber sempre em nossa casa.

Onde houver tristeza, que eu leve a alegria”. O apego ao vivido e as experiências angariadas podem construir dificuldades de adaptação e aceitação ao retorno. As relações passadas podem vinculá-los e vincular-me e as tendência tornarem-se turvas. A saudade pode se transformar em dor e a dor em sofrimento. Que me mantenha reto no caminho e sempre pronto para ser o porto seguro daqueles que amparo. Que a usina de felicidade esteja em meu coração para motivá-los e cativá-los sempre em rumo do que deve ser.

Onde houver trevas, que eu leve a luz”. Sei que nem toda vivência será de esplendor, que o passado e o presente se confundirão e muitas vezes as sombras nos visitarão. Rogo minha relação com os bons espíritos para poder estar sempre aceso com a chama da luz divina e ter discernimento para propagá-la através da escuridão que possa vir nos assolar. Que eu seja fiel ao meu mentor para que Jacob possa sempre intervir e eu possa sempre ouvi-lo com os ouvidos de quem ouve e repassar com as palavras de quem acolhe.

Ó Mestre, Fazei que eu procure mais consolar, que ser consolado; compreender, que ser compreendido;amar, que ser amado”. Eis o meu papel e a minha responsabilidade, sucumbir em minha incompetência, na falta de destreza e de habilidade, pois acima das limitações, agora, está o meu papel de pai que carece de altruísmo, renúncia e dedicação, afinal, a partir da hora que a ti peço, essa passa a ser a minha escolha e só por essa razão preciso preparar-me diante do despreparo.

“Pois, é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado,e é morrendo que se vive para a vida eterna”. Quero apenas a eternidade do amor dos que virei a acolher e a certeza de que por cada um deles fiz e uma, ao menos uma semente deixei presente no solo fértil que nos prepara. Recuso as recompensas, pois por eles angariarei meu maior tesouro e com a benevolência e as atitudes de equilíbrio, estarei a cada segundo perdoando a mim mesmo pela teimosia, a onipotência e as fraquezas. Quero ter vida para dar à luz a vida, eternizando-me pelo meu exemplo e as lembranças contínuas do que fui para cada um.

Imagem

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: