Skip navigation

Eu analiso, eu defino e eu vivo tudo isso. Uma conclusão sucinta referente aos temas descritos nos artigos anteriores relacionados à vibração e à frequência das emoções. A minha participação em sistemas relacionais diversos, assim como a minha forma de envolvimento e a dedicação que estabelece o comprometimento, aos fatos e as pessoas, alicerçam o traço essencial que marca a dinâmica da alma sobre o enraizamento material proporcionado ao longo da encarnação. Sempre afirmei em meus escritos e preleções que a influência de outros espíritos, encarnados ou desencarnados, sempre, é mera consequência dessa definição de características da minha identidade e da minha personalidade. A obsessão não ocorre, nunca, sem que anteriormente, preparemos o solo com os nutrientes da auto-obsessão.

O primeiro passo está na construção das ideias sobre si mesmo e depois sobre a vida e as pessoas que a habitam. A rede de conteúdos de pensamento forma-se e são fomentadas pelo estabelecimento de posturas rígidas, dificultando um olhar mais amplo e diferenciado sobre os temas que surgem através do desenvolvimento, e a constituição de um exército de seguidores, afinal, vamos nos agregando por afinidades, jamais por divergências ou oposições àquilo que acreditamos e lutamos. Adubamos, analogamente falando, a semeadura e o plantio definidos como lucrativos e vantajosos aos investimentos realizados.

Vibramos, proporcionalmente, ao que é processado pelo pensamento que emerge em relação aos acontecimentos e as pessoas que o efetivam. A fixação, muitas vezes irredutível e inflexível, estende os raios dessa energia, dissipadas em intervalos de tempo e do espaço a ser impactado. Vale lembrar que quando acendemos uma lâmpada ou ligamos uma música, sem intenção, as ondas propagadas destinam-se em frequências que inicialmente não intencionávamos alcançar. Pessoas que nada tinha haver com nossa motivação inicial são atingidas pelo barulho ou pela iluminação. O mesmo fenômeno é factual com as energias do pensamento.

O primeiro alvo do impacto é o próprio emissor, pois o conteúdo emitido estabelece conexões com outros bolsões armazenados na mente, seja pelo simbólico ou pelo energético, ou ainda, a associação de ambos. A aproximação se dá da mesma maneira que se forma, com percepção, porém, em muitas ocasiões, sem consciência do que acontece e do impacto do fortalecimento. É como se o agrupamento relatado agisse como um fermento de ação fomentadora das intenções aplicadas. O segundo destino é o objeto e o sujeito direto daquilo que se pensa. As situações e as pessoas envolvidas, de alguma forma e com algum tipo de intensidade, são atingidas pela propagação do pensamento, desencadeando uma frequência consolidada pelo princípio da ação e da reação  .

O mecanismo apresentado forma um núcleo funcional de fixação, onde indivíduos encarnados, vivos, delimitam um padrão vibratório de influência uns sobre os outros. Vetores de forças são acionados e, opostamente, vão atingindo cada um dos envolvidos. Um princípio de obsessão entre encarnados, onde os únicos responsáveis são os humanos com suas mediocridades e miserabilidades, ignorantes, egoístas e carregadas de orgulho.  Ai entra o calcanhar de Aquiles da coisa. Veja na imagem o espaço que circunda a propagação vibracional. Lacunas espaciais gigantescas se formam e impactam com a ressonância do que se produz. Aquilo quer era e envolvia um embate de A para B, involuntariamente, amplia-se, e vetores, em número indeterminado, aproximam-se e começam a participar desse prenúncio relacional determinado. A frequência amplia-se e atinge outros encarnados ligados ou a A ou a B, assim como desencarnados veiculados a esses propulsores iniciais.

Imagem                Eis o convite efetivado à participação dos desencarnados nos processos vigentes da atual encarnação e o princípio ativo da ação obsessória entre desencarnados e encarnados. Um verdadeiro bombardeio de emissões energéticas de todos os lados. O complemento estratégico, dependendo da capacidade intelectual e do conhecimento de cada soldado, está na imposição das frequências armazenadas nos bolsões de memória, assolando essa dinâmica com uma série de percepções simbólicas sobre o que foram vivenciado e passado nas experiências anteriores. Impressões que se manifestam e implicam em reações comportamentais e afetivas na vida atual dos dois vetores que começaram essa relação. Aquilo que era para ser de A para B, em pouco tempo envolve todo o alfabeto e sua infinidade de combinações ortográficas.

O enraizamento relatado pode se ampliar, consideravelmente, promovendo a manutenção dos envolvidos  num mesmo sistema e os impedindo de ampliar suas necessidades evolucionistas e até de visão frente à dificuldade criada. Isso promove a doença e a alteração dos estados de saúde da mente, do corpo e da alma. Somente por essa razão, cada vez mais se faz necessária à junção das várias áreas do saber para a promoção da homeostase e do equilíbrio das pessoas. O último artigo dessa série apresentará algumas sugestões e alternativas para a redução e minimização da formação desse contexto vibracional, através da associação das técnicas voltadas à mente, ao corpo físico e a alma.

Anúncios

2 Comments

  1. Caro amigo, excelente texto!

    Gostaria de convidá-lo para participar de três grupos de discursão que trabalham com esses temas a fim de auxiliar no crescimento mutuo, que são:

    Apometria – https://www.facebook.com/groups/247221411961246/
    Captação Psíquica – https://www.facebook.com/groups/228702800560736/
    Terapêutica Espírita – https://www.facebook.com/groups/terapeuticaespirita/

    Fraternalmente,

    • Olá Ricardo! Obrigado por suas palavras. Já faço parte do Grupo de Apometria e vou ver se posso entrar nos outros dois. Participo de um volume grande de grupos e preciso verifica a viabilidade do Face


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: